5º Encontro | CEM - Comunidade Eclesial Missionária

5º Encontro | CEM - Comunidade Eclesial Missionária

5º ENCONTRO – Tema: Vida de Fé


Por que a fé e não a dúvida?

­­­­­­­­Sugestão: quem coordena providenciar, réplica de espada, cofre e sete velas.

 

INTRODUÇÃO

Coordenador (a): Boa noite... Sejam todos bem-vindos ao nosso 5º Encontro da Comunidade Eclesial Missionária (CEM)! Hoje vamos avaliar, partilhar e rezar a nossa vida de fé. Onde há fé não há lugar para a dúvida. Peço ao dono da casa que faça a acolhida dos visitantes! 

Dono (a) da casa: (faz espontaneamente a acolhida de todos os presentes)

Coordenador (a): Neste nosso 5º Encontro somos chamados a ver, avaliar e rezar nossa vida de fé. A fé como uma espécie de “combustível” para a nossa caminhada missionária. Sem fé não se vai muito longe na missão. 

Todos: “A fé é um modo de possuir o que ainda se espera” (Hb 11, 1).

SINAL DA CRUZ

Coordenador(a): Fortalecidos pela fé que vem do Deus Trino, iniciemos esse nosso 5º encontro com o sinal do cristão, discípulo-missionário (o sinal da cruz pode ser cantado).

 

ORAÇÃO DE INVOCAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

Coordenador(a): Rezemos juntos a oração do Divino Espírito Santo, para que o nosso encontro seja iluminado pela Luz divina, e que seja iluminada também a vida dessa família que nos acolhe.

Cantemos: A nós descei, Divina Luz (bis)Em nossas almas acendei, O amor, o amor de Jesus! (bis). 

Todos: Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra. 

Oremos: Ó Deus, que instruíste os corações dos vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos da sua consolação. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.

 

ORAÇÃO DAS CEMs

Coordenador(a): Vamos pedir que Deus fortaleça na unidade e na perseverança todos os CEMs de nossa Arquidiocese, para que sejam espaços para a vivência da fé.

Deus, nosso Pai, que enviastes vosso Filho Jesus Cristo ao mundo, como vosso primeiro missionário, que saindo do seio familiar da Santíssima Trindade e encarnando-se no seio da Virgem Maria, habitou uma família humana, ajudai-nos a compreender e fazer a experiência da fé nesse novo tempo de evangelização.

Enviai hoje à nossa Arquidiocese de Cascavel, a força do Espírito Santo, e dai-nos a constância na Fé, para que a vontade divina transforme nossa vida interior.  Pela vivência do Evangelho, fazei-nos experimentar a mesma graça vivida pelos primeiros cristãos.

Que sejamos verdadeiros discípulos e missionários de Jesus Cristo, ao assumirmos o compromisso de fidelidade com nossa Arquidiocese as prioridades do Plano de Ação Evangelizadora para fazer acontecer em nossas casas, igrejas e paróquias, as comunidades eclesiais missionárias.

Ajudai-nos, sob a proteção da bem-aventurada Virgem Maria, Senhora da Conceição Aparecida, a cuidar da casa comum, com base nos quatro pilares da evangelização - palavra, pão, caridade e ação missionária - na construção de uma Igreja acolhedora e em saída, espaço de comunhão e de partilha. Isso vos pedimos, por Jesus Cristo, o vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

 

LEITURA ORANTE DA BÍBLIA

Coordenador(a): Tomemos o trecho da segunda Carta de São Paulo a Timóteo (2Tm 4, 6-8.16-18), e vamos ler, com o método da Leitura Orante.

Leitor (a): Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo - Caríssimo: 6 Quanto a mim, eu já estou para ser oferecido em sacrifício; aproxima-se o momento de minha partida. 7 Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé. 8 Agora está reservada para mim a coroa da justiça, que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos que esperam com amor a sua manifestação gloriosa. 16 Na minha primeira defesa, ninguém me assistiu; todos me abandonaram. Oxalá que não lhes seja levado em conta. 17 Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças, ele fez com que a mensagem fosse anunciada por mim integralmente, e ouvida por todas as nações; e eu fui libertado da boca do leão.
18 O Senhor me libertará de todo mal e me salvará para o seu Reino celeste. A ele a glória, pelos séculos dos séculos! Amém. Palavra do Senhor.

Todos: Graças a Deus.

Coordenador (a): Para refletir e rezar: Na prisão e próximo da morte, Paulo tem dúvida de fé? Por que as pessoas o abandonaram? Ele está desesperado e sozinho? Quem esteve ao lado de Paulo e o libertou do mal? O que significa ser libertado da boca do Leão? Paulo tem medo de morrer por causa do Evangelho? Paulo foi fiel a missão que recebeu de Jesus? Você já passou por situações semelhantes as vivenciadas por Paulo? 

Testemunho(depois da reflexão acima, quem coordena motiva para que alguém do grupo dê um testemunho de como a fé lhe ajudou a superar um momento difícil).

PRECES

Coordenador (a): Os símbolos deste nosso 5º Encontro é a espada e o cofre. A “espada” do combate e o “cofre” que guardamos a fé. Quais são as maiores lutas que enfrentamos hoje na missão, e como conseguimos guardar a nossa fé diante de tantos desafios? Rezemos essa realidade de nossas Comunidades Eclesiais Missionárias que precisam diariamente combater o bom combate, ser perseverante para completar a corrida e, apesar de tudo, guardar a fé.

(Colocar no centro réplica de espada, um cofre e quatro sete apagadas. Após cada pedido, alguém acende uma das velas)

 

Leitor (a): Que os desafios da missão não nos esmoreçam, e que sejamos perseverantes nas lutas diárias em prol da vida. Rezemos ao Senhor.

Todos: Senhor, escutai a nossa prece.

Leitor(a): Que a exemplo de Paulo, apóstolo, possamos combater o bom combate, cumprir a missão e guardar a fé. Rezemos ao Senhor.

Todos: Senhor, escutai a nossa prece.

Leitor(a): Dai perseverança aos missionários Ad Gentes, e aos que estão enfrentando os desafios da missão Amazônia, para que não desanimem e tenham fé. Rezemos ao Senhor.

Todos: Senhor, escutai a nossa prece.

Leitos(a): Que as Comunidades Eclesiais Missionárias desta Arquidiocese abracem verdadeiramente a missão de evangelizar conforme pedem as Novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Rezemos ao senhor.

Todos: Senhor, escutai a nossa prece.

(Preces espontâneas)

PAI-NOSSO

(de preferência de mãos dadas em torno dos símbolos do encontro)

 

BÊNÇÃO DOS ALIMENTOS E PARTILHA

(que cada integrante traga algo para partilhar)

 

Coordenador (a): Estendamos nossa mão sobre os alimentos e rezemos juntos: 

 

Senhor, abençoai esses pães, para que nunca falte em nossa mesa, nem na mesa de nossos irmãos. Que alimentados por esse pão, aprendamos a partilhar na missão. Que cada um de nós saiamos desse encontro alimentados e fortalecidos pela Palavra e pelo alimento partilhado. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.

 

BENÇÃO FINAL

Coordenador(a): O Senhor esteja conosco.

Todos: Ele está no meio de nós.

Coordenador(a): Abençoe-nos o Deus, todo Poderoso: Pai, Filho e Espírito Santo.

Todos: Amém.


(pode-se cantar um canto apropriado)