O Advento já começou? Para muitos franciscanos… sim!

07 de novembro de 2018 às 13:22
O Advento já começou? Para muitos franciscanos… sim!


Um “Advento” que começa logo depois do Dia de Todos os Santos

São Francisco pediu aos seus seguidores que observassem um longo jejum em preparação para a Natividade do Senhor: “Todos os frades devem jejuar desde a festa de Todos os Santos até o Natal”. É por isso que, embora o tempo litúrgico do Advento ainda esteja a algumas semanas de distância, muitos franciscanos já estão imersos numa preparação toda especial para o Natal.

Essa ideia de jejuar antes do Natal pode parecer estranha para muita gente, já que a celebração do Natal em nossos tempos está toda envolta em imagens de fartos banquetes, festa, alegria, barulho.

Para os primeiros cristãos, porém, a preparação genuinamente espiritual para as grandes datas da nossa fé fazia parte básica da vida e envolvia gestos de purificação, desprendimento, retorno ao essencial, domínio de si próprios.

Um exemplo: no século VIII, cristãos orientais começaram a “antecipar” seus preparativos do Natal inspirados pelo exemplo do próprio Cristo, que jejuou durante 40 dias no deserto antes de começar seu ministério público. Assim, visando preparar-se mais adequadamente para a celebração do Natal, eles jejuavam a partir de 15 de novembro até a véspera da Natividade.

O amor de São Francisco pelo Natal é notório, como bem nos lembra o simples fato de que foi ele quem criou o primeiro presépio vivo da história. Não surpreende tanto assim que ele tenha querido estender o tempo de preparação para o Natal para cerca de 55 dias (ou 47, se excluirmos os domingos)!

Enquanto o marketing já começa a bombardear os consumidores com um “Natal” que nada tem a ver com o  sentido autêntico da data, São Francisco nos recorda a verdadeira celebração para a qual vale a pena preparar o nosso coração: o Nascimento de Jesus Cristo, que bem merece o belo presente do nosso autodomínio!