Consagração à Virgem de Nazaré

11 de outubro de 2018 às 17:39
Consagração à Virgem de Nazaré


Para ser feita em qualquer época do ano, não apenas durante o Círio

No segundo domingo de outubro, os católicos brasileiros lotam as ruas de Belém do Pará a fim de fazer pedidos e render graças a Nossa Senhora de Nazaré. O Círio de Nazaré é uma das maiores festas religiosas do Brasil – uma tradição que se repete há mais de dois séculos e continua arrastando devotos.

Para quem participa do Círio ou para aqueles que não podem estar presentes nesta grande celebração, vale a pena rezar esta oração de consagração à “Rainha da Amazônia”. A prece pode ser feita também em qualquer época do ano.

Consagração à Virgem de Nazaré

Senhora de Nazaré, da antiga raiz de Jessé, da casa real de Davi, descendente de São Joaquim e Sant’Ana, sempre que a angústia, o medo e a solidão me abatem, me entrego em teus braços, ó Mãe. Como criança carente em busca de alívio, carinho e proteção, mergulho em teu Coração Imaculado e consagro a ti, querida Mãe, o meu passado e todas as minhas lembranças, o momento presente e todas as suas aflições, o meu futuro e a vida eterna que Deus me reserva no céu.

O Sacramento do Batismo, que um dia recebi, me tornou filho(a) de Deus e filho(a) teu, ó Mãe. E fez-me também herdeiro(a) de seu Reino. Por isso, venho agora renovar diante de ti, ó Virgem de Nazaré, as promessas de meu batismo. E, para que eu possa ser fiel a elas até o fim de minha vida, peço a tua intercessão junto ao teu Filho Jesus.

Doce Senhora de Nazaré, a ti consagro, agora, as minhas aspirações, meus projetos, meus sonhos, minha missão, minhas realizações, tudo o que tenho e tudo o que sou. Consagro, também, todos os dias restantes de minha vida terrena, para que sejam dias serenos, cheios de paz e de muitas graças.

Quero também te consagrar desde já, Senhora de Nazaré, o momento de minha morte, quando por tuas mãos, e amparado(a) pelos braços de teu esposo São José, poderei finalmente ver teu rosto, abraçar teu Filho Jesus e contemplar a glória do Pai, no amor infinito do Espírito Santo. Amém!

Fonte: Círio de Nazaré