O monge cego e paralítico que compôs uma das orações mais conhecidas da Igreja

11 de outubro de 2018 às 12:11
O monge cego e paralítico que compôs uma das orações mais conhecidas da Igreja


Ele nasceu com paralisia cerebral, espinha bífida e uma mente brilhante

Deus costuma usar instrumentos frágeis para alcançar um bem maior. Foi o caso do beato Hermann von Reichenau (Hermano Contracto).

Hermann nasceu com fenda palatina, paralisia cerebral e espinha bífida. A infância dele foi extremamente difícil, mas seus pais sempre quiseram o melhor para ele. Aos sete anos de idade, o colocaram em um mosteiro beneditino, onde ele seria educado e criado. 

Hermann, então, cresceu no mosteiro e, rapidamente, descobriu que, apesar de seu corpo estar paralisado, sua mente funcionava extraordinariamente bem. Ele se transformou em um estudioso da astronomia, teologia, matemática, história e poesia. Também era um mestre dos idiomas e chegou a falar árabe, grego e latim. 

Mas era ainda mais notável na sua gentil disposição e na sua devota vida interior. Tinha uma grande alegria e, apesar dos seus defeitos físicos, sempre sorria. 

Mais tarde, ficou cego. Foi então quando começou a compor. Sua mente e seu coração estavam ardendo com o amor de Deus, o que o inspirou a criar alguns dos hinos e orações mais conhecidos de todos os tempos. 

Em particular, Hermann compôs a sempre popular Salve Regina (Salve Rainha) e Alma Redemptoris Mater (Mãe Amorosa do Redentor). Ambas estão na Liturgia das Horas da Igreja. A Salve Rainha, particularmente, é uma das orações marianas mais conhecidas da Igreja Católica.

Parece que, depois que conhecemos a história do beato Hermann, essas orações ficam ainda mais bonitas, né? Elas nos lembram o poder da fé e que não importam os sofrimentos que temos que suportar, pois sempre poderemos louvar a Deus e dar-lhe graças pelas coisas maravilhosas que Ele faz por nós. 

A Salve-Rainha em latim

Salve, Regina, mater misericordiae!

Vita, dulcedo et spes nostra, salve!

Ad te clamamus, exsules filii Evae.

Ad te suspiramus, gementes et flentes

in hac lacrimarum valle.

Eia, ergo, advocata nostra,

illos tuos misericordes oculos

ad nos converte.

Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,

nobis post hoc exsilium ostende.

O clemens! O pia! O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis, Sancta Dei Genetrix,

ut digni efficiamur promissionibus Christi.

Amen.

 

A Salve-Rainha em português

Salve, Rainha, Mãe de Misericórdia!

Vida, doçura e esperança nossa, salve!

A vós bradamos, os degredados filhos de Eva;

a vós suspiramos, gemendo e chorando

neste vale de lágrimas.

Eia, pois, advogada nossa,

Esses vossos olhos misericordiosos

a nós volvei

e, depois desse desterro,

mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre.

Ó clemente! Ó piedosa! Ó doce Virgem Maria!

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,

para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Amém.