Será que eu preciso de um diretor espiritual?

12 de julho de 2018 às 14:07
Será que eu preciso de um diretor espiritual?


Um especialista pode te ajudar a descobrir o que Deus espera da tua vida

Nas academias, muitas pessoas procuram um personal trainer, alguém que as ajude, de maneira customizada, a atingir as metas para melhorar o corpo esteticamente. Da mesma maneira – e com maior razão – é bom procurar um “treinador” espiritual. Para construir a casa dos meus sonhos, contarei com a assessoria de um especialista (um arquiteto, por exemplo). Seria sensato tentar construir a casa sobre a rocha? 

É possível progredir no caminho da perfeição espiritual sem ajuda, sem orientação, sem alguém para dar motivação? Difícil… 

No fundo, ser dirigido espiritualmente é uma maneira de perguntar a Jesus o que o jovem rico do Evangelho perguntou: “O devo fazer para herdar a vida eterna?”.

É a mesma coisa de perguntar: “O que Deus espera de mim em meio às minhas circunstâncias? Como posso alcançar a santidade em meio ao meu contexto de vida?”. 

Há momentos na vida em que se vê, de maneira mais evidente, a necessidade de um diretor espiritual: momentos cruciais, fases que exigem sério discernimento, tempos de crise ou inconformismo etc. 

É uma pena quando, por falta de um diretor espiritual, tomamos uma decisão equivocada, que amarga toda a nossa existência ou perdemos tempo por causa de um conceito errado de oração… 

O diretor espiritual é um instrumento nas mãos de Deus, pois o protagonista da formação é Ele. Este instrumento pode guiar a pessoa para que ela descubra a vontade de Deus na vida dela (e como cumprir essa vontade). 

Para você ter uma ideia da importância deste trabalho, é praticamente impossível encontrar santos que não tenham recebido a direção espiritual. 

Cada pessoa é única e pertence a um mundo diferente, marcado por suas próprias histórias e experiências de vida. E Deus tem um plano específico para cada um de nós. 

É importante encarar a vida sob a luz Deus. Eu diria que descobrir o plano de Deus e levá-lo para a vida real deveria ser a principal preocupação de todas as pessoas. 

E você? Anima-se a procurar um diretor espiritual?