Papa Francisco e o legado de suas visitas paroquiais

12 de julho de 2018 às 13:50
Papa Francisco e o legado de suas visitas paroquiais


Pe. Moisés Henrique Fragoso de Souza recorda os momentos marcantes da visita do Papa Francisco à paróquia romana São Paulo da Cruz, onde reside e colabora desde agosto de 2017.




Bianca Fraccalvieri - Cidade do Vaticano

Quem não se lembra do abraço entre o menino Emanuele e o Papa Francisco.

Na paróquia São Paulo da Cruz, no dia 15 de abril, na periferia de Roma, o garoto se comoveu ao perguntar ao Pontífice se o seu pai, ateu, está no céu. Uma pergunta sussurrada no ouvido do Papa, que prontamente o consolou com um longo abraço e com as seguintes palavras: “Que bom pai. Não tinha o dom da fé, mas tinha um grande coração”. Pois mesmo sendo ateu, o pai de Emanuele pediu o batismo para os seus quatro filhos.

Momentos como este não são raros nas visitas que o Papa Francisco realiza nas paróquias romanas. Naquele domingo, um dos anfitriões do Pontífice foi o Pe. Moisés Henrique Fragoso de Souza.

Da diocese de Petrópolis (RJ), Padre Moisés reside e colabora na paróquia São Paulo da Cruz desde que veio estudar Liturgia em Roma, em agosto de 2017.
Em entrevista ao Vatican News, Pe. Moisés falou o que ficou daquela visita do Papa Francisco: