Rezando em uma capela de gelo

06 de dezembro de 2017 às 15:50
Rezando em uma capela de gelo


A base militar Belgrano II, na Argentina, abriga o lugar de culto religioso mais ao sul do planeta

O lugar de culto mais ao sul do globo terrestre é uma igreja católica.

Localizada na Antártida Argentina, com temperaturas congelantes durante todo o ano (variando entre 4 e 48º C abaixo de zero), está a Base Belgrano II, onde vivem cerca de mil pessoas, que também têm necessidades espirituais.

A 1.300 chilometri dal Polo Sud, nella zona antartica argentina, la Base Belgrano II ospita circa mille persone.

Porém, encontrar espaços adequados para a construção na Antártida, considerando que 98 por cento de sua superfície consistem basicamente em gelo, é extremamente difícil. Tanto é que a primeira base de Belgrano (Belgrano I), construída na década de 1950, foi abandonada devido a instabilidades no terreno, que comprometeram a segurança de seus habitantes.

Anos mais tarde, em 1979, o governo argentino descobriu quase um hectare de terra livre de gelo. A base de Belgrano II foi edificada nesse local. E, na vizinhança, um sistema de túneis e corredores foi construído sob o gelo. O sistema é usado principalmente pelos cientistas que vivem na base, mas também é o lugar onde se encontra o lugar mais meridional de culto religioso do planeta: uma capela católica toda esculpida no gelo permanente e dedicada a Nossa Senhora de Luján, Padroeira da Argentina.