Pela primeira vez uma jovem com Síndrome de Down participa no concurso Miss EUA

06 de dezembro de 2017 às 15:46
Pela primeira vez uma jovem com Síndrome de Down participa no concurso Miss EUA


Mikayla Holmgren, de 22 anos, se converteu na primeira mulher com Síndrome de Down a competir em um concurso de Miss Estados Unidos.

Mikayla participou durante o fim semana, nos dias 25 e 26 de novembro, da Miss Minnesota, concurso de beleza para Miss Estados Unidos e Miss Universo.

Apesar da participante Kalie Wright ter sido escolhida Miss Minnesota, no final do concurso, Mikayla ganhou dois prêmios: o ‘Espírito de Miss EUA’ e o Prêmio do Diretor.

“A Síndrome de Down não me define. Com a ajuda de vocês, posso ajudar a quebrar as barreiras”, disse um jovem à televisão local, segundo indicou o jornal espanhol ‘El Mundo’, em 3 de dezembro.

A jovem também é dançarina, estuda na Universidade de Bethel (Minnesota) e é embaixadora da ONG Best Buddies, dedicada a integrar as pessoas com deficiência intelectual na sociedade.

A sua mãe, Sandi Holmgren, confessou aos meios que achava que não aceitariam a sua filha neste concurso.

“Eu escrevi dizendo que Mikayla tinha Síndrome de Down, mas eles permitiram a sua participação. Nesse momento, eu não era consciente que este concurso era para Miss Estados Unidos e Miss Universo e demorei várias semanas para perceber o grande desafio deste concurso para ela”, disse.

Por sua parte, Denise Wallace, diretora executiva do concurso, disse, segundo afirma ‘Independent’, que “qualquer pessoa que estiver pelo menos cinco minutos com ela sabe que é a pessoa adequada para ser a primeira a representar uma comunidade de pessoas que precisam ver a si mesmas fazendo algo assim”.

Anteriormente, Mikayla participou de concursos de beleza juvenis e foi coroada Minnesota Junior Miss Amazing em 2015.