Estamos noTempo de Páscoa

Papa envia mensagem à encontro sobre Bento XVI na Polônia

20 de abril de 2017 às 13:35
Papa envia mensagem à encontro sobre Bento XVI na Polônia


Varsóvia (RV) -  "Que o encontro suscite um renovado compromisso pelo diálogo respeitoso e fecundo entre Estado e Igreja, em vista da construção da civilização do amor".



Por meio de uma mensagem assinada pelo Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin, o Santo Padre enviou sua saudaçao e Bênção Apostólica aos organizadores e participantes do encontro realizado na sede da Conferência Episcopal polonesa em Varsóvia, sobre o tema "O conceito de Estado na perspectiva do ensinamento do Cardeal Joseph Ratzinger - Bento XVI".

Francisco expressou seu apreço pela iniciativa "voltada a reconhecer a benemérita obra de seu amado predecessor".

Bento XVI

Também o Papa emérito enviou uma mensagem, demonstrando "grande e profunda comoção, alegria e gratidão" ao ter tomado conhecimento da iniciativa.

"O tema escolhido - escreveu Ratzinger - leva autoridades estatais e eclesiais a dialogar juntas sobre uma questão essencial para o futuro de nosso continente. O confronto entre concepções radicalmente ateias de Estado e o surgimento de um Estado radicalmente religioso nos movimentos islâmicos, leva o nosso tempo a uma situação explosiva, cujas consequências experimentamos a cada dia".

"Estes radicalismos - observa Bento XVI - exigem urgentemente que desenvolvamos uma concepção convincente de Estado, que sustente o debate sobre estes desafios e que possa superá-los".

O Papa emérito recorda ainda que a partir do último meio século, "com o Bispo-Testemunha Cardeal Wyszynski e o Papa João Paulo II, a Polônia deu à humanidade duas grandes figuras que não somente refletiram sobre tal questão, mas provaram dela o sofrimento e a experiência viva, e neste sentido continuam a indicar o caminho para o futuro".

Ao concluir, Bento XVI concedeu aos participantes sua "bênção paternal ".

Pronunciaram-se entre outros, o Presidente da Fundação Joseph Ratinger-Bento XVI, Padre Federico Lombardi, o Núncio Apostólico na Polônia, o Arcebispo Salvatore Pennacchio e o Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, Cardeal Gerhard Ludwig Müller.

A iniciativa - que teve o patrocínio da Conferência dos bispos poloneses, da Fundação Joseph Ratzinger, do Presidente da República da Polônia e da Agência de informação católica KAI, reuniu na capital polonesa na quarta-feira (19/04) alguns expoentes religiosos do Vaticano e da Polônia, além de autoridades civis da Hungria e Polônia. (JE)