Estamos noTempo de Páscoa

Santo do Dia

07 de novembro de 2016  -  São Vilibrardo

São Vilibrardo foi um grande missionário e grande amigo de Cristo, dedicou-se à conversão dos infiéis durante cinquenta anos.

Nasceu em Northúmbria, na Irlanda, em 658, e morreu em Echternach (Luxemburgo), a 7 de novembro de 739.

- São Vilibrardo, rogai por nós!

08 de novembro de 2016  - São Deodato

São Deodato - Em Roma, o Papa não era somente o Bispo e o Pai espiritual, mas também o guia civil, o juiz, o supremo magistrado, a garantia da ordem.

O Papa Deodato, buscou o diálogo junto ao imperador intercedendo pelas necessidades de seu povo e, apesar do imperador mostrar-se pouco solícito para o bem do povo, enviou o exarca Eleutério para acabar com as revoltas de Ravena e de Nápoles e guiou os cristãos em épocas difíceis. São Deodato morreu em novembro do ano 618, amado e chorado pelos romanos que tiveram a oportunidade de apreciar seu bom coração.

09 de novembro de 2016 - São Teodoro

São Teodoro, um dos três grandes soldados mártires para os Orientais. O santo de hoje, São Teodoro, foi um soldado que acabou sendo decapitado na Província do Ponto por confessar a fé cristã.

- São Teodoro rogai por nós.

10 de novembro de 2016 - São Leão Magno

São Leão Magno, um dos maiores Papas da história evangelizou e governou a Igreja numa época brusca do Império Romano, pois já sofria com as heresias e invasões dos povos bárbaros, com suas violentas invasões.

O santo de hoje mostrou-se digno de receber o título de “Magno”, que significa Grande, isto porque é considerado um dos maiores Papas da história da Igreja, grande no trabalho e na santidade. São Leão Magno nasceu em Toscana (Itália) no ano de 395 e depois de entrar jovem no seminário, serviu a diocese num sacerdócio santo e prestativo. 

Entrou no Céu no ano de 461.

- São Leão Magno, rogai por nós!

11 de novembro de 2016 - São Martinho de Tours

São Martinho de Tours, intercessor e modelo de apostolado. Nasceu em 316 na Panônia (atual Hungria), numa família pagã e tornou-se um militar, enquanto o Pai do Céu o estava fazendo cristão, já que começou a fazer o Catecumenato.

Certa vez quando militar, mas ainda não batizado, Martinho partiu em duas partes seu manto para dá-lo a um pobre, e assim Jesus aparece-lhe durante a noite e disse-lhe: “Martinho, principiante na fé, cobriu-me com este manto”. Então este homem de Deus foi batizado e abandonou a vida militar para viver intensamente a vida religiosa e as inspirações do Espírito Santo para sua vida. Com a direção e ajuda do Bispo Hilário, Martinho tornou-se monge, Diácono, fundador do primeiro mosteiro na França e depois sacerdote.

- São Martinho de Tours, rogai por nós!